‘TV Folha’ traz vítimas de pedofilia; violência contra menores cresce no país

16/05/2013 10:10Nenhum comentáriovisualizações: 44
Sem título Os pedófilos estão se proliferando pela internet ao passo em que crianças e adolescentes estão cada vez mais conectados as redes sociais, alerta a 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia do DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa).   Essa é a única delegacia no Brasil especializada nesse tipo de crime, mas é pouco conhecida pelo público paulista, mostrou reportagem do “TV Folha” deste domingo –exibido às 19h30 na TV Cultura, com reprise às 23h.   O número de denúncias envolvendo abusos sexuais contra crianças e adolescentes cresceu quase 20% no Brasil entre 2011 e 2012, de acordo com a Secretaria de Direitos Humanos. Quando se computa todas as denúncias de violência contra menores o aumento chega a 58,35%.   A delegada da 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia Ana Paula Rodrigues, 38, contou ao “TV Folha” as técnicas para coibir esse tipo de crime na internet. A reportagem também trouxe histórias de vítimas de pedofilia, além de uma análise com o filósofo e colunista da Folha Luiz Felipe Ponde, que ajudou a debater o tema.   Em 2011, foram 2.814 denúncias de abuso sexual contra crianças e adolescentes no Estado de São Paulo e no ano passado, o número chegou a 3.117, um aumento de 10%, de acordo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.   A auxiliar de enfermagem Yneida Brito contou ao “TV Folha” que o pedófilo que abusou de seu sobrinho era um vizinho, amigo da família. De brincalhão a arteiro, o sobrinho foi se transformando em uma pessoa tímida e introspectiva. Os abusos foram tantos que ele teve uma disfunção anorretal e foi obrigado a usar fraldas com 12 anos.   Brito lançou uma página no Facebook pedindo por uma lei no país que implante a castração química, que é o uso de medicamentos hormonais para reduzir a libido em pedófilos e estupradores.   ADRIANA FARIAS   Fonte: Folha de S.Paulo

Comentar


Trackbacks